Arrebatamento da Igreja - CMM - Juiz de Fora

Ministérios Alternativos - Centro de Recuperação de Dependentes Químicos






Um ao outro ajudou e disse esforça-te

Há poder no Sangue de Deus! Bem aventurado aquele que crê. Leia a Bíblia.

Alguém disse: ‘Não basta garantir vacinação até os seis anos e deixarmos a garotada morrer aos 15 anos à bala’. ‘Drogas matam’. Jesus é a Vida.
As drogas são castas demoníacas incorporadas aos demônios da miséria, da fome, do analfabetismo, da injustiça social, da religião, das guerras, do terrorismo, da corrupção, da incompetência, da omissão, e outros.

É preciso um exorcismo gigantesco e em massa. Igreja levante-se e lute! A ciência fornece como remédio substâncias e terapias, a Igreja Cristã precisa fornecer o Evangelho de Jesus Cristo como o poder de Deus para salvar os que crerem.
Os Centros Cristãos de Recuperação de Dependentes Químicos funcionam como ferramentas de Recuperação, não de Libertação, porquanto é o Espírito Santo quem liberta os cativos através do uso militante do Nome Supremo de Jesus Cristo (Is 61:1,2) (Lc 4:18,19) (1Jo 2:20,27) e isto é serviço da Igreja (Mc 16:15-20) (Mt 10:7,8) (Rm 1:9).

Nenhum Centro de Recuperação ou Terapia tem poder contra os demônios, somente a Igreja e isto não está bem claro para alguns.
Os Centros de Recuperação e Terapia precisam trabalhar em harmonia com a Igreja sabendo que suas funções são distintas e completivas. A Internação e a mera terapia sem o exorcismo pelo poder da Palavra de Deus e da militância no Nome de Jesus Cristo não resolve o problema, por isso muitos que passam pelos Centros de Recuperação presumem estarem curados e libertos, mas logo tornam-se reincidentes.

O dependente químico precisa parar de usar a droga para entrar no processo de recuperação, logo o fantasma, o demônios do vício tem que ser pisado pela oração da fé em Nome de Jesus Cristo (Tg 5:15), é isto que muitos não querem admitir para dano próprio. O Centro Cristão de Recuperação do Dependente Químico funciona como um ‘Hospital’, onde o interno recebe libertação do físico e da alma, isto é, ele é desintoxicado do álcool e das drogas e recebe uma dieta espiritual pela Palavra de Deus.

No espírito a pessoa recebe a libertação dos poderes demoníacos; é o rompimento das forças das trevas a partir de então a pessoa recomeça a viver livremente, começa a amar-se a si mesmo, valorizando a vida e movendo-se em Jesus Cristo em direção ao crescimento e às realizações propostas por Deus em conformidade com a Sua Palavra.

Os demônios saem dos viciados, mas deixam neles profundas marcas e seqüelas, feridas que partes delas Deus cura no momento da libertação, outras no processo de recuperação; e, muitas só no dia da redenção.

Precisamos amar os dependentes químicos em recuperação pois eles apresentam a síndrome da abstinência psicológica, que altera várias funções da alma, produzindo sintomas de ansiedade, alteração do humor, agressividade, desconfiança, tensão, irritabilidade, desorientação de tempo e espaço, convulsões, paranóia (medo, perseguição, pânico), depressão, falha de memória, confusão mental, incapacidade de concentração, lapsos de memória, crises de identidade, fraqueza para raciocinar.

O dependente químico em recuperação apresenta outros sintomas tais como: sono alterado (insônia ou sono pesado), sonhos aumentados, pesadelo, angústia, delírios.

Há poder na Palavra de Deus para curar (Sl 107:20)

Quanto à síndrome da abstinência física (falta de uso), ocorrem os sinais de: alucinação, tremores, fadiga, falta de ar, diarréia, delírios, dor de cabeça, cãibras, sudorese, oscilação da pressão arterial, taquicardia, febre, náuseas, vômitos, falta de apetite, inquietação.

A família, os líderes dos Centros de Recuperação de Dependentes Químicos e a Igreja precisam ter muito amor, tolerância e perseverança durante o tratamento.

O tratamento nos Centros Cristãos de Recuperação devolvem a auto-estima, dá início à reconstrução dos valores que foram perdidos, o equilíbrio, a calma, a confiança em si e no próximo surgem, os ressentimentos e o ódio vão e vêm a capacidade de perdoar e amar, novos hábitos, serviço em equipe, bom humor; aparecem novos amigos, identidade de forças e coragem para tentar coisas novas, disciplina e boas maneiras trazem valores racionais, a meditação, a oração e leitura da Bíblia, os cultos colocam as pessoas na relação direta com Deus, o lazer, a idéia de família e ajuda mútua transformam e curam.

Precisamos orar, jejuar e investir nos Centros de Recuperação de Dependentes Químicos e Alcoólatras.
Nós sabemos que existe um Deus dos impossíveis, que é maior do que tudo e que ama o homem, e está sempre pronto a perdoá-lo sem olhar seu passado e disposto a guiá-lo vitoriosamente. Colabore e invista na vida cooperando com o Ministério dos Centros de Recuperação de Dependentes Químicos.

A vida é o maior patrimônio que qualquer ser possui e há dentro de cada pessoas um dispositivo que arremete o homem para um viver eterno, a vida ainda que insípida e vazia para muitos, ainda assim é desejável. Cooperemos em Nome de Jesus Cristo para que o homem receba a Vida Plena.
Em Juiz de Fora conheça o Centro de Recuperasção: Resgatando Vidas: www.resgatandovidas.com.br

 

Um dos mais terríveis dramas que a sociedade moderna enfrenta é o das drogas e álcool e os efeitos químicos que eles provocam e a guerra do tratamento e da recuperação que milhões suportam, é horrível.
Os governos das nações gastam bilhões de dólares anualmente para combater esse gigantesco monstro que ataca impiedosamente a humanidade.


Há poder no Sangue do Cordeiro. Jesus Cristo é a solução!

A humanidade nesta era do fim busca felicidade e realizações instantâneas, nesse tempo de guerras e conflitos interiores e exteriores, os produtods que melhores respostas dão ao home são: o petróleo (energia), as armas de guerra, o sexo livre, as drogas e o dinheiro - terrível combinação.
O uso das drogas é uma tentativa de criar um outro mundo e fugir da dor da existência real. Há poder no Sangue do Cordeiro. Deus pode todas as coisas.

O que é que a droga tem de tão sedutor se ela deteriora a vida? Se não existem drogados felizes, por quê as drogas fazem tanto sucesso?
O que é a droga? Se é ela quem tem o poder e a pessoa drogada é o escravo fragilizado?
Definir a droga vai além da imaginação.

O caos da Aldeia global meteu a humanidade em um beco que parece sem saída, a convulsão social trouxe um rol de dramas terríveis e insuportáveis produzindo doenças psico-somáticas, refugiados de guerras, neuróticos. Há uma síndrome de dramas tais como de decisões, de insegurança, de possessão maligna, de legalismo, de morte, de terror, de racismo, de rejeição, de exclusão, de incoerência, de improdutividade, de violência, de preconceitos, de carceragem, de injustiça, de abusos, de genocídios, de sexualidade, de fome, de cegueira moral, de indiferença, de ética, de corrupção política, de solidão, de miséria total, de incredulidade, de incerteza quanto ao futuro e outros. Tais dramas produzem nos homens uma pressão interna e externa insuportáveis, arremetendo multidões inumeráveis para as drogas e um demônio chamado PHARMAKON está de braços abertos para acolher as suas vítimas com o seu veneno letal.

Muitos governantes e autoridades constituídas tratam o drama das drogas como uma questão de justiça e polícia; outros agregam à questão da saúde; os Sociólogos a Antropólogos às questões sociais, porém a Igreja deve considerar todos estes aspectos e considerar a questão maior: o mundo espiritual da maldade que opera destrutivamente nos homens através dos poderes demoníacos por causa da incredulidade dos homens em Deus e por causa da omissão da Igreja em não pisar a cabeça das serpentes e dos escorpiões (Lc 10:19).
Há um jargão maligno, uma linguagem torpe e corrompida produzida por Hollyood e pela mídia em geral em mensagens subliminares que estimula as pessoas a buscar pela droga nas dificuldades. a toda dificuldade há um grito invocatório: droga??? Então a possessão.

O que é a droga?
As drogas não são meros produtos químicos como a ciência lista em: ansiolíticos ou tranqüilizantes, solventes ou inalantes, anticolinérgicos, o tabaco, álcool, os calmantes ou sedativos, o LSD (Dietilomida do Ácido Lisérgico), o êxtase, o ópio, a morfina, os esteróides Anabolizantes, a maconha, cocaína, heroína, o haxixe, o craque, e outros; antes, as drogas utilizadas fora dos domínios da ciência funcionam como demônios e exercem o controle sobre o homem, escravizando-o e destruindo-o, portanto precisamos tratar o drama das drogas como legiões de demônios com a Palavra de Deus, jejum e oração; Jesus Cristo disse:
- Mas esta casta demoníaca não se expele senão por meio de oração e jejum. (Mt 17:21)

Muitos de nós na Igreja de Cristo ficamos como patéticos expectadores do caos como se hipnotizados, assistindo inertes os demônios destruindo e ceifando a vida dos homens através dos principados e potestades das drogas.
- Pois aquele que é vencido fica escravo do vencedor. (2Pe 2:19.b).

Jesus Cristo disse que o valente guarda armado a sua casa, em segurança, e mantém seguro tudo quanto tem. A alma dos homens é o que o diabo tem mantido apreisionada; e uma das maneiras de satã manter cativas as suas vítimas é através das algemas das drogas. A Igreja precisa penetrar na casa do valente, isto é, no mundo das drogas manietar o valente, o diabo em Nome de Jesus Cristo e furtar os seus bens: a alma dos homens dependentes (Mt 12:29) (Lc 11:21,22).

Os homens e a ciência ficam contextualizando as expressões acerca das substâncias afins ao sistema psíquico que agem na alma (intelecto, sentimento, vontade e emoções), enquanto os demônios agem perversa e livremente, porquanto os espíritos malignos não se submetem a nenhum choque ou tratamento, senão ao poder do Nome de Jesus Cristo.
Os demônios das drogas não destroem apenas os usuários, mas também as famílias e os traficantes, que via de regra tombam nas disputas das redes e bocas de fumo, mas a droga também corrompe as autoridades e governos e desmantela a ordem social.

A droga não tem nada de sedutor, mas seduz, isto é, ela encaminha para o erro, para a fantasia, para o irreal, para o encanto porque a droga não é uma mera substância. A cocaína por exemplo, é uma entidade, tem uma personalidade demoníaca que suborna, asenhoreia-se, controla e aprisiona suas vítimas; e, enquanto não tratarmos o vício das drogas como forças de inspiração demoníacas não lograremos o êxito de ver os homens libertos pelo poder do Sangue do Cordeiro (Ap 12:11). E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará (Jo 8:32). Pai, santifica-os na Verdade, a tua Palavra é a Verdade (Jo 17:17). A Bíblia Sagrada é a Verdade libertadora. Leia a Bíblia e invoque o Nome de Jesus Vristo.
Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Rm 10:13)

Experimente! Invoque-O! Agora. Diga: Ó Senhor Jesus Cristo!
Há poder no Sangue do Cordeiro e na Palavra do Testemunho.
A Igreja precisa encorajar as pessoas a buscar respostas em Jesus Cristo através da Bíblia e do Espírito Santo.


A questão da droga não se combate apenas com policiais à procura de usuários e traficantes; também assim. A questão deve ser tratada do ponto de vista da saúde. Enfocando os aspectos psicodinâmicos pessoais e coletivos usando a psicanálise, a psicologia e a psiquiatria para inibir a esquizofrenia, mas, sobretudo a questão só pode ser resolvida espiritualmente, então entra a Igreja do Deus Vivo para exorcizar as castas de demônios, esconjurando os fármacos = espíritos malignos em Nome de Jesus Cristo. Ouse expulsar o vício em Nome de Jesus Cristo. Diaga para os demônio: saia em Nome de Jesus Cristo pelo poder do Espírito Santo.

O que você pode fazer pelos cativos?
Você que é Igreja tem o encargo de expelir demônios (Mt 10:7,8).

A dependência química é algo tão assustador que os médicos sabem sobre o poder das drogas e quantos deles estão cativos delas, não das substâncias apenas, mas dos demônios, tudo fora de Jesus Cristo é uma droga, escravidão e morte. Escravidão e morte.
O mundo inteiro jaz no maligno (1Jo 5:19). O sistema social é favorável à proliferação das drogas e, porconseguinte à deterioração da vida. Então venha para Jesus Cristo e receba Vida Abundante. Viver é o dom maior de Deus. Viver é melhor do que morrer. Por quê razão morrereis? Receba Jesus.

Seja um instrumento Vivo do Espírito Santo na preparação da Igreja de Jesus Cristo para o Arrebatamento. Sede firmes e constantes, sempre abundantes na Obra do Senhor, porque o vosso trabalho não é vão no Senhor e ele traz consigo a recompensa (Ap 22:12) (1Co 15:58)

Visite a Comunidade Missionária Mundial. Instrumento vivo de Deus nas mãos do Espírito Santo para preparar a Igreja de Jesus para o Dia do Arrebatamento.
Rua: Sergipe nº 10 – Bairro: Manoel Honório – Juiz de Fora – MG – Brasil
Cultos: 3ª / 5ª feiras 19:30 hs e Domingos 09:00 hs e 19:30 hs

Voltar ao topo

Editorial

Projetos

Ouça a Rádio!

Bíblia On-line

Multimídia

Links amigos

Nossos produtos

 
Desenvolvido por R20