Povos não Alcançados -
O que é um povo não alcançado?

A Igreja de Jesus Cristo recebeu de Deus uma missão intransferível, a de proclamar o Evangelho do Reino de Deus a toda criatura (Mc 16:15); porque Jesus Cristo é o Cordeiro Digno que foi morto e comprou com o Seu Sangue para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação. E para o nosso Deus os fizeste Reis e Sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra (Ap 5:9,10)

O fundamento da redenção do homem
está no amor de Deus:

Está escrito:

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)
Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. (Rm 5:8)

O caráter, a natureza e os atributos do Senhor Deus revelam que os propósitos eternos no resgate do homem têm uma abrangência multirracial e intercultural. TODA CRIATURA
Todos os homens pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Rm 3:23), por isso todo gênero humano depende e espera totalmente no amor de Deus.
Com o pecado o homem não apenas traiu ao Senhor quebrando a Palavra de Deus, mas identificou-se com Lúcifer, e recebeu em seu interior a sua natureza maligna, tornando-se serpente e raça de víboras (Mt 23:33). Os Povos Não Alcançados são constituídos de pessoas mescladas com o diabo (que estão dentro de todas as etnias).
Deus tinha o poder e o direito soberanos de exterminar Adão e leva-lo de imediato com satanás e seus principados ao Lago de Fogo, todavia o Senhor optou por usar o Seu Amor e Sua Misericórdia para perdoar e redimir todo aquele que se arrependesse e cresse.

Está escrito:

Porei inimizade entre ti (satanás) e a mulher (gênero humano, Igreja), entre a tua descendência (satanás e sua descendência) e o seu descendente (Jesus Cristo é a semente da mulher: Maria). Este (Jesus Cristo) te ferirá a cabeça , e tu (serpente) lhe ferirás o calcanhar (de Jesus Cristo na cruz). (Gn 3:15)
Este versículo revela o amor de Deus e relaciona a derrota plena de satanás por Jesus Cristo. Aqui está a essência do Evangelho.
Com a queda de Adão o homem ficou preso pela lei do pecado e da morte, sem saber o que fazer (Rm 8:2), e por isso submeteu-se totalmente ao diabo que tinha o império da morte (Hb 2:14).

Só o Senhor é Deus. Jesus Cristo é o Senhor.
O Senhor é o Espírito


Em Gn 3:15 temos o resoluto propósito de Deus redimir o homem, e no v. 21 está revelado como seria feito:
Fez o SENHOR Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher e os vestiu. (Gn 3:21)
Aqui está a clara obra do Cordeiro de Deus.

Todavia o homem estava cego em seu entendimento, por satanás (2Co 4:4) para que pudesse compreender a intenção de Deus, então Deus chamou Abraão para participar da missão ativa de Deus para redenção dos homens (Realeza de Jesus Cristo).

Há poder no Sangue do Cordeiro
Há poder no Sangue de Jesus Cristo.


O Chamado de Abraão tem uma abrangência universal, intercultural, todos os povos; e há uma multidão de povos não alcançados.
Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei;
de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!
Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra. (Gn 12:1-3)

A maioria esmagadora dos Líderes Cristãos Evangélicos não consegue transpor sequer as fronteiras estabelecidas pelas paredes de suas congregações, não possuem a menor consciência dos povos não alcançados. O Reino de Deus para muitos têm a dimensão de seu lar até a congregação e nada mais, isto é muito lastimável e totalmente contrário ao Evangelho de Deus.
Deus chamou Abraão, Abraão gerou Isaque e Isaque gerou Jacó (Israel), que deveria dar continuidade à Co-Missão Divina confiada por Deus a seu pai Abraão.
Israel ficou detido 430 anos no Egito, onde Deus o fortaleceu e multiplicou como numerosa nação.

Deus, ao tirar Israel do Egito, no deserto do Sinai fez uma promessa a Israel:
Subiu Moisés a Deus, e do monte o SENHOR o chamou e lhe disse: Assim falarás à casa de Jacó e anunciarás aos filhos de Israel:
Tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águia e vos cheguei a mim.
Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha;
vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel. (Ex 19:3-6)

A promessa feita a Israel tinha três elementos específicos:

1. Propriedade Particular: Propósito de Deus guardá-los como jóia preciosa para Si, e não para outros deuses;

2. Reino de Sacerdotes: Propósito de mediar entre Deus e os homens (todos os povos);

3. Nação Santa: Propósito de dedicar-se exclusivamente ao Senhor Deus e ser agente promotora do Reino de Deus na terra




Como ouvirão se não há quem pregue?

A promessa feita a Israel tinha três elementos específicos:

1. Propriedade Particular de Deus
2. Sarcedócio Real
3. Nação Santa


Israel fracassou não só desobedecendo ao chamado de Deus, frustrando os Seus desígnios, como, além de tudo, crucificando Aquele que eles deveriam apresentar aos povos como O MESSIAS, O CRISTO, O UNGIDO de Deus que salvaria o mundo de seus pecados.
Israel fracassou, mas não anulou nem destruiu o plano redentivo de Deus. Aleluia!

Israel fracassou na Co-Missão intercultural, mas Deus não fracassou nem desistiu do Seu propósito de amor de salvar o homem, Ele levantou a Igreja e transferiu a nós o encargo transcultural: todas as gentes, todas as nações, todos os povos, até os confins da terra. Até que sejamos ARREBATADOS AO ENCONTRO DO SENHOR NOS ARES.
Cerca de quase 10.000 Igrejas, Congregações são abertas por mês no mundo, cerca de 330 por dia, isto é maravilhoso e terrível ao mesmo tempo. Maravilhoso porque revela a conquista do Reino; e, terrível porque isto acontece onde o Evangelho de Cristo já está posto em detrimento de bilhões que estão totalmente excluídos, os POVOS NÃO ALCANÇADOS.

A Igreja está agindo como Israel, usando seu talento como uma força centrípeta, isto é, de fora para dentro, ao invés de exercer um esforço centrífugo, isto é, de dentro para fora: Jerusalém - Judéia - Samaria - Confins da Terra - PLENIRUDE DOS GENTIOS - ARREBATAMENTO
O bem que o homem mais necessita é a salvação da sua alma através de Jesus Cristo, e esta é a excelente Co-Missão da Igreja.
O ide POR TODO O MUNDO é uma mordomia ministerial confiada a todo crente em Cristo. O Sacerdócio Real é universal e todo inclusivo e conclusivo, isto é, envolve todos os cristãos até o fim.

A execução do plano e o plano de ação evangelístico não foram confiados a nenhum homem, mas só, e tão somente, ao Espírito Santo:
mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. (At 1:8)

Só o Espírito Santo sabe como atingir todos os
POVOS NÃO ALCANÇADOS.

A Igreja de Jesus Cristo nasce com uma dramática declaração de propósito transcultural de alcançar todos os povos. (At 2:1-12)
A edificação da Igreja tem início com a descida do Espírito Santo e a infiltração de Deus nos homens no dia de Pentecostes, a Voz de Deus correu por toda a Jerusalém e a multidão reuniu-se na porta do Cenáculo, e confusa ouviu os discípulos falarem na sua própria língua em que eram nascidos, entre outras Partos, Medos, Elamitas, da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto, Ásia, Frigia, Panfília, Egito, Líbia, Cirene, Roma, Prosélitos de várias regiões, Cretenses, Árabes, etc.

De Atos 1:8 até Atos 8:1 os primeiros cristãos, mesmo tendo a experiência de Atos 2, relutaram em levar a efeito a mordomia intercultural, então veio a perseguição que forçou a Novel Igreja a deixar Jerusalém em direção aos povos não alcançados.
Na Igreja de Antioquia o Espírito Santo separou Barnabé e Saulo para irem aos gentios (At 13).

Há poder no Sangue da Nova Aliança.
Há poder no Sangue da Aliança Eterna.


Em At 17 Paulo e Silas chegam a Tessalônica onde acerca deles foi dito:
Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui, (At 17:6)

Transtornar o mundo com a proclamação do Evangelho do Reino de Deus é o plano do Espírito Santo a ser executado pela Igreja até que a última criatura receba o testemunho de Deus.
Cada crente em Jesus Cristo, cada Igreja Cristã e cada conjunto de Igrejas em cada localidade precisa conhecer a vontade de Deus para que, sob a guia do Espírito Santo, possa preparar, separar e enviar Evangelistas aos povos não alcançados. Devem assegurar-lhes em Cristo Jesus o sustento contínuo e adequado na Obra Missionária Mundial com vista a esgotá-la.
A Igreja precisa lidar com a consciência de esgotamento, de acabamento em Plenitude.
Não faz sentido uma Igreja tão rica, tão aparelhada, tão bem mobiliada e com tanto potencial deixar cerca de 12.000 povos não alcançados. Vamos prestar contas a Deus. (Rm 14:12)

A partir desta abordagem feita até aqui podemos falar o que éUM POVO NÃO ALCANÇADO, antes, porém,
falaremos sobre
O que é um Grupo Étnico.


Seja um instrumento Vivo do Espírito Santo na preparação da Igreja de Jesus Cristo para o Arrebatamento. Sede firmes e constantes, sempre abundantes na Obra do Senhor, porque o vosso trabalho não é vão no Senhor e ele traz consigo a recompensa (Ap 22:12) (1Co 15:58)

Faça sua doação!

Visite a Comunidade Missionária Mundial. Instrumento vivo de Deus nas mãos do Espírito Santo para preparar a Igreja de Jesus para o Dia do Arrebatamento.
Rua: Sergipe nº 10 – Bairro: Manoel Honório – Juiz de Fora – MG – Brasil
Cultos: 3ª / 5ª feiras 19:30 hs e Domingos 09:00 hs e 19:30 hs

Desenvolvido por R20