Arrebatamento da Igreja - CMM - Juiz de Fora

Ministérios Alternativos - Ministério de Capelania Institucional - Capelania Hospitalar



Estive doente e não me visitastes

Nosocômios (Hospitais Gerais):

Curai enfermos, ressuscitai mortos, limpai leprosos, expulsai demônios; de graça recebestes, de graça dai. (Mt 10:7,8)
A Rede Hospitalar das cidades constituem o mais desafiador e impressionante campo missionário e ele é todo seu, conquiste-o.
Jesus Cristo na cruz do Gólgota realizou a Obra Curadora, Libertadora, consoladora, Salvadora, Vitalizadora e a Sua Igreja é o veículo transportador da Graça de Deus. Está feito. Precisamos dar as Boas Novas aos homens.

O mundo está terrivelmente enfermo, a lepra aumenta à cifra de quase 800 mil caos por ano. A AIDS, a tuberculose, o câncer, os vírus e doenças desconhecidas, as drogas, a infestação demoníaca as inúmeras afecções, as epidemias da febre aviária, a vaca louca, a febre aftosa, o ebola e outros, tudo isso e muito mais requer um diuturno Ministério de Misericórdia através do serviço aos hospitais onde multidões jazem à espera de um Anjo que agite as águas para que entrem e sejam curados.

A ciência só não pode arcar com as pragas. Acordai Igreja!
Ninguém gosta de ficar doente, mas o drama das doenças espanca impiedosamente os homens; e uma multidão de enfermos crônicos e temporais superlota os nosocômios, as clínicas, os hospitais de emergência e ambulatórios esperando algo além de uma receita, de uma injeção, de um curativo. Além de um coquetel os homens consciente ou inconscientemente esperam por Deus, esperam por milagres e nós, a Igreja do Cordeiro somos os produtores de prova do poder e do amor de Deus.

Curai enfermos. limpai leprosos;
são os sinais que acompanham a pregação do Evangelho.


As guerras, a indústria, o comércio, os agentes químicos, a poluição, as profissões de risco, os refugiados de guerra, as catástrofes ambientais, a seca, as enchentes, as queimadas e muitos outros fatores têm potencializado epidemias ao redor da terra.
Médicos, remédios, ciência, recursos humanos não estãodisponíveis para todos os homens, somente a Graça de Deus. Distribua-a! Não podemos negá-la.

A Igreja de Cristo realiza a maior medicina Preventiva do Planeta, porquanto os valores da Bíblia Sagrada transferidos aos cristãos lhes outorgam a melhor qualidade de vida, livra o homem dos demônios, das forças demoníacas, das drogas, o ‘modus vivendi’, a cultura cúltica com os cânticos, orações e meditação nas Escrituras Sagradas trazem saúde, vida intensa e paz, alegria e esperança.

A Igreja é Betesda – Casa de Misericórdia e Saúde!
Estatisticamente está provado que passam anualmente mais pessoas pelos hospitais do que pelas Igrejas. Este fato revela que as pessoas ficam mais doentes e precisam dos hospitais porque desprezam a Igreja e a Sua provisão; e, o outro aspecto é que a Igreja precisa ir aos hospitais para curar os doentes.

Curai enfermos, expulsai demônios.
Há poder no Sangue de Jesus Cristo! Deus seja Louvado.


Há uma concordância universal na Medicina quanto à importância e a eficácia do Serviço Religioso Cristão e o papel da Ministração da Palavra de Deus aos pacientes e à ambiência asilar, todos, médicos enfermeiros, funcionários, doentes, parentes e amigos de pacientes são tocados e favorecidos pelas Capelanias Hospitalares. Amados, pratique Cristo!

Servir aos enfermos é servir a Jesus Cristo.
Milhões de pessoas têm sido curadas e tido um encontro real com Jesus Cristo nos leitos dos hospitais, multidões têm se reconciliado com Deus no vale sombrio da morte e um batalhão tem encontrado o desfrute do amor de Deus enquanto servem aos necessitados; e, sobretudo um tesouro imenso tem sido guardado nos céus para recompensar os misericordiosos.

Capelania hospitalar antes que uma obrigação é um ato de
amor a Deus e ao próximo; tal exercício apressará a vinda de Jesus Cristo e a nossa reunião com Ele.


Leprosários (Hospitais de Hanseníase)

A lepra é uma doença tão maldita que provoca até arrepios ao decliná-la, todavia não há como desviar da sua perversa, mas efetiva existência corrosiva que aumenta à espantosa cifra de quase 800 mil casos anualmente. É uma terrível derrota para a ciência no duelo contra tão pertinaz adversário; é Golias vociferando diante de Davi.

A lepra é chamada também de Mal de Hansen ou Hanseníase em ‘homenagem’ ao nome de Gerhard Hansen que identificou o agente da doença infecciosa causada pela bactéria: MUCOBACTERIUM LEPRAE, que afeta os nervos e a pele, músculos; ou BACILO DE HANSEN.
O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo em casos de Hanseníase, só a Índia vence o Brasil neste setor.

Há poder no Sangue de Jesus Cristo. Salva-nos!

A lepra é uma praga citada na Bíblia Sagrada relacionada ao pecado e à imundícia.
Na comunidade Hebraica o leproso não era um mero doente, era tido por imundo e rejeitado por Deus por causa do pecado; isto é, a lepra manifestava-se como um juízo de Deus. Está escrito:
Disse o SENHOR a Moisés e a Arão:
O homem que tiver na sua pele inchação, ou pústula, ou mancha lustrosa, e isto nela se tornar como praga de lepra, será levado a Arão, o sacerdote, ou a um de seus filhos, sacerdotes.

O sacerdote lhe examinará a praga na pele; se o pêlo na praga se tornou branco, e a praga parecer mais profunda do que a pele da sua carne, é praga de lepra; o sacerdote o examinará e o declarará imundo. (Lv 13:1-3)
Hoje a lepra é tratada e encarada como doença, no antigo Testamento e na época de Cristo era tida como praga, como maldição e o leproso era tido como maldito e imundo.
O leproso era expulso da Comunidade de Israel e abandonado à morte.

Está escrito:
Disse o SENHOR a Moisés:
Ordena aos filhos de Israel que lancem para fora do arraial todo leproso, todo o que padece fluxo e todo imundo por ter tocado em algum morto;
tanto homem como mulher os lançareis; para fora do arraial os lançareis, para que não contaminem o arraial, no meio do qual eu habito. (Nm 5:1-3)
Foi a partir daqui que se perpetuou os Leprosários, ou Colônias de leprosos, onde viviam e vivem ainda hoje os leprosos – isolamento.
Jesus Cristo visitava a casa de leprosos (Mt 26:6-18): Jantou com Simão, o leproso.

Antes da descoberta dos antibióticos e do isolamento dos vírus, dos fungos e das bactérias, os leprosos eram tratados de forma cruel e inumana, os Leprosários eram terra de ninguém, sem lei, sem cuidado, violentos e cheios de dor e angústia. O perverso tratamento ao leproso ainda perdura através do abandono asilar, do preconceito, de descaso das famílias, da sociedade e das autoridades. Você também tem abandonado os carentes?

O leproso por muito tempo e para muitas nações era um monstro que tinha que ser sumariamente isolado, e várias ilhas tornaram-se Colônias de leprosos (Havaí, Trinidad, Tobago, Vitória, Creta e outras).
O que é um leproso para você? È uma ameaça? Um risco? Ou é o seu próximo? O que você é para o leproso? Um sacerdote? Um Levita? Ou um Bom Samaritano? O que você pensa sobre o leproso e sobre a lepra? Pode haver mudança?
Jesus Cristo viveu o drama na experiência do Seu Ministério terreno, o drama do leproso; várias vezes Ele deparou com o abominável monstro da lepra e o derrotou incontinente, restituindo ao homem interior alegria e ao homem exterior beleza.

Não há riscos em tocar no leproso, Jesus o demonstrou.
A Liderança da Igreja de Cristo precisa de informação para destruir os preconceitos e fragmentar os tabus que embargam o serviço do Corpo de Cristo e proíbe os filhos de Deus de andar em boas obras. Está escrito:
Ora, descendo ele do monte, grandes multidões O seguiram.
E eis que um leproso, tendo-se aproximado, adorou-O, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.
E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero, fica limpo! E imediatamente ele ficou purificado da lepra. (Mt 8:1-3)
Nós do Ministério Comunidade Missionária Mundial – CMM, estamos como Igreja de Jesus Cristo desenvolvendo um trabalho na Colônia de Leprosos na cidade de Tocantins / MG – Brasil, onde existem cerca de 3.100 habitantes, cerca de 480 famílias de leprosos, com quase 200 mutilados e centenas severamente castigados.
É um grande e glorioso desafio que só os amorosos e constrangidos pelo Consolador aceitam.

Muitas partes da Colônia de Leprosos são verdadeiras taperas, casas abandonadas, asilos em ruína, tudo parece um fundo de quintal sujo e sombrio, ao qual estamos espalhando a luz por meio do Evangelho, limpando e purificando corações e mentes e vendo a salvação de almas e o prenúncio de um novo tempo. Levando-lhes ajuda material, solidariedade e amor Real.

É tempo de Cristo para todos. Tempo de cura, limpeza e salvação.
A lepra como Epidemia ataca hoje cerca de 11 milhões de pessoas em todo o mundo com incremento de quase 800 mil casos por ano. Não podemos excluí-los, precisamos incluí-los no Ministério de Misericórdia para vê-los agregados na Igreja: o Corpo Místico, Vivo e saudável de Cristo Jesus.

Os principais países afetados com a lepra são: Índia, Brasil, Birmânia, Nepal, Madagascar, Moçambique e Tanzânia. É necessário uma política missionária Cristã Evangélica de impacto direcionada aos leprosários em Nome de Jesus Cristo.
A contaminação se faz principalmente por vias respiratórias, pelas secreções nasais e saliva, é pouco provável pelo contato. A encubação demora anos, por isso a maior parte dos leprosos são adultos. A manifestação ocorre entre 2 e 20 anos após a contaminação.

Existem vários tipos de lepra, sendo as principais as seguintes:
Hanseníase Tuberculóide: causa poucas lesões e apresenta boa resposta imunitária do Bacilo de Hansen.
Lepra Lepromatosa: É a forma mais insidiosa, que progride caladamente e destrói os pacientes de baixa defesa imunológica contra o Bacilo de Hansen. Afeta todo o corpo principalmente o rosto, o nariz, as mãos e os pés, apresenta coriza e congestão nasal.

Quantos gemidos, quanta dor, quantos pedidos de socorro, mas está escrito:
Deus realiza os desejos daqueles que O temem; ouve-os gritar por socorro e os salva. (Sl 145:19)
O Diagnóstico pode ser clínico (pelos sintomas) ou laboratorial (por biópsia da lesão onde se colhe a linfa cutânea na orelha ou cotovelos).

Estamos fazendo esta abordagem porque nosso assunto nesta página é Capelania em Leprosário, e estamos abrindo em Nome de Jesus Cristo as portas de um mundo desconhecido e ignorado por muitos e a Igreja não trabalha no escuro. Jesus Cristo disse:
É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.
A ignorância e a falta de conhecimento têm sido as escuridões da noite para uma multidão; sai das trevas porque ainda é dia e faça a Obra de Deus em Nome de Jesus Cristo.

Em Cristo você pode. O que você pode? Todas as coisas nAquele que te fortalece (Fp 4:13)
Multidões gritam por socorro. Ajude-os!
Ore por eles em Nome de Jesus Cristo.


A lepra foi por muito tempo incurável e terrivelmente mutiladora criando medidas de segregação que perduram até hoje.
Há um ônus muito elevado para o exercício da Capelania em Leprosário não por causa do risco de contágio, antes, por ter que se enfrentar a dura realidade de vidas destroçadas, rostos mutilados, membros amputados, vestidos de cinza, espírito angustiados, corações tristes e a desilusão da vida e dos sonhos destruídos pelo caminho; mas nem tudo está perdido, Jesus Cristo nos ordenou:
- Curai os enfermos e limpai os leprosos e expulsai os demônios, ressuscitai os mortos (Mt 10:8).

O Serviço aos leprosos é como outro qualquer, é efetuado pelo Espírito Regenerado de acordo com o Evangelho do Filho de Deus (Rm 1:9) através do qual o Senhor diz:
- Ao que Jesus lhes disse: - Tende fé em Deus;
- Porque em verdade vos afirmo que, qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, tudo o que disser será feito.
- Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e te-lo-eis. (Mc 11:22-24)

Pratique a Palavra de Deus ouse orar e declarar com fé a cura, a libertação, a saúde, a alegria, a paz, o prazer de viver aos portadores de Hanseníase e creia no milagre e você o verá.
Quero neste ensejo desafiar a você que é uma pessoa piedosa e investir nesta causa, com compromisso e resolução, para que em Nome de Jesus Cristo possamos ajudar a minimizar a dor de tantos.

Te peço sem constrangimento que você invista no Ministério de Misericórdia que a CMM realiza, fazendo a sua doação em dinheiro, material de construção, roupas, calçados, brinquedos, cestas básicas e com adoção de famílias leprosas que vivem com ½ salário mínimo.
Aproveito a ocasião para convidá-lo a visitar o Leprosário e a Colônia de leprosos Frei Damião, na cidade de Tocantins / MG – Brasil.
Faço um apelo a construtoras, Engenheiros Técnicos em Edificação, Empreiteiros, Casas de Materiais de Construção para organizarmos um mutirão para humanizar a vida dos leprosos.

Faço um apelo aos donos de Mobiliadoras e magazines para doarem móveis, eletrodomésticos e colchões para o Leprosário.
Faço um apelo aos donos de supermercados, mercearias, empórios, padarias, restaurantes e similares que nos ajudem a doar 450 cestas básicas sistematicamente ao Leprosário Frei Damião.

Faço um apelo aos políticos para que designem verbas e projetos sociais para o Leprosário.
Faço um apelo a você, homem simples que doe amor e carinho aos leprosos. Sempre há o que fazer. Não existe ninguém tão pobre que não possa dar alguma coisa.
Faço um apelo aos cristãos que pratiquem Jesus Cristo também na Colônia de leprosos.

Que o Deus Todo-Poderoso vos abençoe e vos guarde de todo mal e vos dê coração generoso e liberal.
Dê graças a Deus pela saúde, pois há cerca de 11 milhões de leprosos no mundo, a cada ano 800 mil casos são diagnosticados, isto é, uma cidade do porte de Juiz de Fora se torna infectada todo ano; existe cerca de 2 milhões de pessoas severamente mutilados pela lepra, famílias e governos gastam bilhões de dólares no tratamento da Hanseníase seria muito pedir a você que está repleto de saúde uma ajuda?

Amar você pode! Amar você! Amar você pode! Ame!
Pense no que você pode fazer e faça-o com rapidez porque a dor é enorme.

 

O pecado não é mera desobediência do homem a Deus e pronto; antes, o pecado separou o homem definitivamente de Deus e trouxe satanás para as entranhas do homem causando-lhe a destruição e a morte. Com o pecado o homem transmudou-se em serpente e raça de víboras (Mt 23:33). Que horror!!!


A Bíblia Sagrada registra que após o Senhor Deus ter criado o homem à Sua imagem e conforme a sua semelhança Ele disse:
- E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom. E foi tarde e manhã, o dia sexto. (Gn 1:31)


Não obstante ser o homem o esplendor da criação, obra prima do Criador, com o advento do pecado tudo mudou e um novo registro Bíblico tem-se acerca do homem caído; observe-o:
Toda cabeça está enferma, e todo coração fraco.
Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, senão feridas e inchaços e chagas podres, não espremidas, nem ligadas, nem nenhuma delas amolecidas com óleo (Is 1:5.b,6).
É paradoxal e causa-nos perplexidade duas declarações tão contraditórias acerca do homem.

Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus Todo-Poderoso.

O pecado não é a mera desobediência do homem a Deus e pronto; antes, o pecado separou o homem definitivamente de Deus e trouxe satanás para as entranhas do homem e levando o homem para as entranhas de satanás, causando-lhe a destruição e a morte. Com o pecado o homem transmudou-se de alma vivente para serpente e raça de víboras (Mt 23:33). Que horror!!!

O homem desde que é gerado e nasce ele começa a existir dentro de uma perspectiva de corrupção e morte. O Salmista Davi disse:
- Em pecado me concebeu minha mãe e em iniqüidade fui gerado (Sl 51:5).


Há poder no Sangue de Jesus Cristo.Aquele que invocar o
Nome do Senhor será salvo. Invoque-O agora! Ó Senhor Jesus!

Desde a queda no Jardim do Édem o homem já entra no mundo, que jaz no maligno, enfrentando oposições, adversidades, tribulações, guerras, doenças, enfermidades e todo poder do diabo; por esta razão tornou-se necessário o Serviço de Saúde, um dom de Deus ao homem através da Medicina, do pessoal de saúde, dos hospitais e da Ciência em geral.
Nós como cristãos sabemos que as doenças e as enfermidades podem ser de três níveis, a saber:

Pneumática: Espirituais, produzidas por poderes demoníacos.
Está escrito:
Ora, ensinava Jesus no sábado numa das sinagogas.
E veio ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, e não podia de modo algum endireitar-se.
Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade;
e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus. (Lc 13:10-13).

Psíquica: Mentais, desordem da alma e do coração.
Está escrito:
Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.
E a sua fama correu por toda a Síria; trouxeram-lhe, então, todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e paralíticos. E ele os curou. (Mt 4:23,24).

Somática: Desequilíbrio do corpo físico.
Está escrito:
E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todas enfermidades e moléstias entre o povo (Mt 9:35).

A Medicina como dom natural de Deus tem acesso e poder com restrição aos níveis 2 e 3, isto é, à alma e ao corpo físico, todavia pela lei da fé a Igreja tem acesso amplo aos três níveis, porque Jesus Cristo transferiu a Sua Autoridade à Sua Igreja para expulsar demônios, curar enfermos e ressuscitar os mortos.
A Igreja deveria envolver-se plenamente no exercício da Cura Divina, e nesta página falaremos sobre a importância da Capelania nos Nosocômios, nos Manicômios e nos Leprosários.

Manicômios:

O primeiro dano que o pecado trouxe à humanidade foi a morte espiritual, isto é, a separação do homem de Deus; o espírito humano perdeu a função para a qual fora criado (Ef 2:1). Morte não é extinção, mas Separação de Deus. Por isso João escreveu:
O mundo inteiro jaz no Maligno. (1Jo 5:19.b)
O segundo dano foi na alma, o Espírito Santo diz:
Toda a cabeça está enferma, e todo o coração, fraco. (Is 1:5)
A alma humana é constituída pelo intelecto, memória, afetividade, aprendizado, sentimentos, intuições, emoções, cujas funções cerebrais estão relacionadas às funções do coração que é composto da alma e da consciência.

A ciência chama as funções da alma de funções neurológicas do cérebro cujo funcionamento coloca o homem em interação com o universo, isto é um equívoco porque na alma não está só a razão, mas também o sentimento, a vontade e a emoção. A Neurociência tenta compreender o homem através do estudo das neuro vias que compõe o sistema nervoso humano, tendo o encéfalo como sede de tudo (cérebro, cerebelo e bulbo), os cientistas aprofundam no estudo do homem, mas a loucura cresce tornando o problema de Saúde Mental uma das questões mais sérias dos tempos do fim da militância da Igreja, que precede o Arrebatamento. Só o Brasil possui cerca de 3% da população com doenças mentais, o que equivale a cerca de 5,2 milhões de doentes.

A Igreja como coluna e esteio da Verdade possui a resposta positiva para muitas questões mentais através de uma proposta que extrapola a razão humana, isto é, por meio da revelação do amor de Deus.
O amor de Deus é dispensado para o interior do homem através de Jesus Cristo por meio da proclamação do Evangelho no poder e autoridade do Espírito Santo, isto é Graça divina dispensada pela Igreja.

As soluções para as questões do homem estão contidas nas Escrituras Sagradas e a Igreja é a proclamadora da Verdade. Onde não há a Palavra de Deus a morte reina!
A ciência tem negado o conhecimento de Deus e das leis espirituais. Deus não despreza a ciência, mas o espiritual não começa onde a ciência acaba, antes a ciência é que tem abdicado de Deus; quando deveria abraçá-Lo para resolver o problema do homem.

O Manicômio é um hospital por excelência que trata de cidadãos que perderam a consciência cidadã e onde asilado o paciente enfrenta difíceis processos de tratamento psiquiátrico que com outros expedientes lhe dão uma frágil subsistência que se potencializa em paupérrima situação e sua qualidade de vida ou de quase vida, sem discernir entre a vida e a morte, vegeta. Há poder no Sangue de Jesus Cristo.
O Manicômio constitui uma dura realidade que todos nós podemos ajudar transformar para melhor, afinal qualquer um está sujeito a transtornos mentais.

A Capelania aos Manicômios constitui um processo de mudança na estrutura das instituições e na vida dos internos e suas famílias, dos médicos e dos funcionários, procurando minimizar, quiçá desfazer as forças de desmantelamento mental que afetam todos nós através do amor dispensado pela ministração da Palavra de Deus, das orações, dos cânticos e do clamor pelo Sangue de Jesus Cristo e do invocar o Nome do Senhor;por exorcisar as forças demoníacas, tudo oferecido pelo calor do amor de Deus que flui através da Igreja pelo Espírito Consolador.

O Espírito Santo tem um poder infinito de reconduzir os homens da anormalidade perturbadora e do estado de demência para a saúde e a paz. A alma posta na carne é morte, mas a alma posta no Espírito é Vida e Paz (Rm 8:6)

A questão da Saúde Mental e a reconstrução da vida e da cidadania dos loucos, dos lunáticos, dos esquizofrênicos é responsabilidade de todos nós, principalmente da Igreja de Jesus Cristo, mas o egoísmo e a insensibilidade obstruem muitos caminhos. Você está obstruído?

Um dos nossos propósitos nesta página é sensibilizar o público externo ao Manicômio para a necessidade de cruzarmos os portões asilares e aproximarmo-nos daquelas ternas criaturas psiquicamente fragmentadas e estabelecer uma criativa relação de amor.

Encorajo você a conhecer pessoalmente o drama dos doentes mentais, pessoas que muitas vezes foram abandonadas pelas famílias e pela sociedade e estão a 5,10,20 ou mais anos internadas; você pode adotar um paciente ou um Manicômio e dispensar o seu amor que fluirá como um potencial de mudanças que afetará positivamente as vidas; e, preconceitos, sofrimentos e angústias serão rompidos, e você também receberá o seu galardão.

A Igreja de Jesus Cristo vive na expectativa de ser Arrebatada aos ares para celebrar a Ceia das Bodas do Cordeiro nos ares, mas até que se dê a plenitude dos gentios (Rm 11:25) os homens com problemas de saúde mental dentro e fora dos Manicômios constituem um grande desafio e temos que ultrapassar também essa terrível fronteira para salvá-los.
Há uma imensa legião de pessoas afetadas por doença mental, e apenas fóruns no campo da psiquiatria e da saúde mental discutindo ‘ad infinitum’ sem contudo apresentarem uma política de saúde mental eficaz.

A Igreja não pode ignorar os casos graves das psicoses, neuroses graves, autismo, deficiência mental, demências severas, os lunáticos, os psicopatas, os maníacos depressivos, os malucos, os alienados, os interditos e outros. Por quê a Igreja não pode ignorar os doentes e as doenças? Porque o homem integral é o objeto da nossa missão.

O patrimônio da Igreja de Jesus Cristo é o homem total (1Ts 5:23).

Jesus Cristo disse:
- E, à medida que seguirdes, pregai que é chegado o reino dos céus.
Curai enfermos, ressuscitai mortos, limpai leprosos, expulsai demônios; de graça recebestes, de graça dai. (Mt 10:7,8)

Muitos Líderes chamados cristãos não têm a menor preocupação com a saúde integral dos homens e só pensam no leite, no queijo, na carne e na lã das ovelhas sem preocupar-se em apascentá-las com sabedoria, ciência e amor. O egoísmo rege o material, se estamos protegidos do calor, da chuva, do frio, das tempestades, se temos água potável, esgoto, energia elétrica, comida, bebida, lazer, conforto, por quê preocuparmos com milhões que vivem na miséria?
Espiritualmente se estamos de bem com a vida, se estamos libertos, com saúde e salvos, por quê preocuparmo-nos com os perdidos, com os loucos, com os excluídos?

Os Líderes Cristãos Evangélicos precisam estar alertas para os dramas dos tempos modernos para contextualizar a pregação do Evangelho do Reino de Deus com vistas a esgotar a Tarefa de Evangelização Mundial. As graves questões sociais, a corrupção política, o avolumar da iniqüidade, o desamor, as crises urbanas, os bolsões de pobreza e miséria, a violência, o desemprego, a fome, tudo isso causa um impacto devastador sobre a Saúde Mental gerando demandas dirigidas insustentáveis por ações solidárias e com muito calor humano.

Amar você pode! Amar você pode! Amar você pode!

Apesar da política de governo ser complexa, não obstante há esforço, mas como o SUS vai dar conta de 3% da população brasileira com problemas mentais, isto é, cerca de 5 milhões de brasileiros e brasileiras. A Igreja tem que agir vigorosamente, é tempo de deixarmos o nosso mundinho cheio de engano e hipocrisia e contemplarmos o abismo crescente de seres humanos carentes de Saúde Mental.

A maioria das Igrejas chamadas Cristãs Evangélicas não querem ter trabalho com os doentes, com os loucos, com os aidéticos, com as viúvas, com os presos e outros, eles querem é dinheiro, é mamom, o deus deste século. É lamentável.
A Igreja poderia se envolver com as comunidades de Saúde de Base do SUS e com os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que somam-se hoje em 882 unidades de tratamento de quase 400 mil pacientes com transtornos mentais severos. O governo tem feito bastante, não aparece muito por causa da corrupção e porque a Igreja Cristã tem se engajado pouco, muitos têm sido omissos.

A Lei nº. 10.216/2001 que estabeleceu a Reforma Psiquiátrica no Brasil e consolidou um modelo assistencial para garantir o acesso de todos ao tratamento, trouxe uma revolução na estrutura hospitalar, ambulatorial e implantou os CAPS; mas a sociedade precisa apoiar, fiscalizar e envolver-se, afinal qualquer um está sujeito ao infortúnio.
O bem e o mal acontece aos justos e aos injustos. Pense nisso!

Hoje o Brasil possui cerca de 236 Hospitais Psiquiátricos que variam de 200 a 1.000 leitos, que constituem um imenso campo missionário para a Igreja de Cristo realizar o seu papel.

O que você tem feito pela saúde mental?
Ou você está alienado?


Será que Deus poderá contar apenas com o serviço dos Médicos, dos Psiquiatras, dos Psicólogos, dos enfermeiros, da Administração Hospitalar e dos funcionários do SUS? Ou Deus pode contar também com a Sua Igreja? Deus pode contar com você? Ou a Saúde Mental não é problema seu?


Os Médicos precisam da Igreja.
Os doentes precisam da Igreja.
Os Psiquiatras precisam da Igreja.
Os Psicólogos precisam da Igreja.
Os Administradores da Rede Hospitalar precisam da Igreja.
Os Funcionários do SUS precisam da Igreja.
Eventualmente a Igreja pode precisar do serviço de Saúde Mental.
O mundo precisa da Igreja. Manifesta-te ao mundo em Nome de Jesus Cristo, no Poder do Espírito Santo de acordo com as Escrituras Sagradas, você que é a Igreja.

Para sermos Arrebatados temos que ter plena saúde mental
(3Jo 2).



Existem loucos e loucos:
Diz o louco no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam abominação; já não há quem faça o bem. (Sl 14:1)

O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino. (Pv 1:7)

Os loucos zombam do pecado (Pv 14:9.a)

Nós somos loucos por amor a Cristo, (1Co 4:10.a)
Jesus Cristo é o Caminho Santo que nem os ‘loucos’ errarão (Is 35:8). É tempo de inclusão! Ajude a incluir no Corpo de Cristo.
A Igreja Fiel e Verdadeira aguarda ansiosa pelo Dia do Arrebatamento para celebrarmos nos ares a ceia das Bodas do Cordeiro, mas “Falta o menor e não nos assentaremos à mesa até que ele chegue” (Ap 19:6-9) (1Sm 16:11).

Jesus Cristo na raiz do Seu MinistérioTerreno após ter sido batizado no Rio Jordão por João Batista e ter sido provado por 40 dias e 40 noites no deserto, entrou em uma sinagoga na Galiléia, na cidade de Nazaré onde declarou:
O Espírito do Senhor é sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para curar os quebrantados de coração,
Para proclamar libertação aos cativos, dar vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos e apregoar o ano aceitável do Senhor. (Lc 4:18,19)

Com esta declaração podemos compreender e ter certeza de que Jesus Cristo sabia qual era a Sua missão. Ele sabia que o homem estava perdido em delitos e pecados; que a cabeça estava enferma, e o coração fraco; que desde a planta do pé até o alto da cabeça não havia no homem coisa sã, senão feridas e inchaços e chagas podres, não espremidas nem amolecidas com óleo (Is 1:5,6).

Ao chamar e vocacionar a Sua Igreja delegou-lhe o poder do Espírito Santo, comissionando-A dizendo:
E, à medida que seguirdes, pregai que é chegado o reino dos céus.

Seja um instrumento Vivo do Espírito Santo na preparação da Igreja de Jesus Cristo para o Arrebatamento. Sede firmes e constantes, sempre abundantes na Obra do Senhor, porque o vosso trabalho não é vão no Senhor e ele traz consigo a recompensa (Ap 22:12) (1Co 15:58)

Visite a Comunidade Missionária Mundial. Instrumento vivo de Deus nas mãos do Espírito Santo para preparar a Igreja de Jesus para o Dia do Arrebatamento.
Rua: Sergipe nº 10 – Bairro: Manoel Honório – Juiz de Fora – MG – Brasil
Cultos: 3ª / 5ª feiras 19:30 hs e Domingos 09:00 hs e 19:30 hs

Voltar ao topo

Editorial

Projetos

Ouça a Rádio!

Bíblia On-line

Multimídia

Links amigos

Nossos produtos

 
Desenvolvido por R20